A Saga dos Fios de Cobre

Role Aqui

A Saga dos fios de Cobre

Como eu consegui um ruivo natural com tinta de farmácia?

Quantas vezes você olhou na prateleira da farmácia e pensou: “Por quê? “ Por quê dessas várias marcas e vários tons de loiros, morenos e vermelhos intensos não tem uma caixinha onde no cantinho diz: 7.4?

Para começar a brincar com colorações de farmácia eu acabei tendo que dedicar algum tempo para aprender como a lógica dos números das tintas funciona.

Existem regras que você deve saber antes de começar essa brincadeira:

  1. Se o seu cabelo está com a tonalidade que varia entre castanho e preto, você VAI precisar fazer uma decapagem ou descoloração para conseguir tonalidades mais claras.
  2. As nuances de cada marca de tinta variam.
  3. As tintas de farmácia tendem a não ser tão intensas e vibrantes quanto tintas fantasia ou algumas tintas profissionais.
  4. Cabelo cresce, então se der algo errado, não se desespere.

Entendido isso vamos começar a aula:

Numeração, o que é e como funciona.

Basicamente é o seguinte: O número da frente diz o quão escura é a cor e o número de trás diz que tom essa tinta é.

 

 

Desenhando:

Ou seja, a numeração é basicamente uma coordenada no espectro de cor para pigmentos.

Esse tipo de coordenada serve para a maioria das tintas de farmácia. Tintas profissionais e importadas podem usar outro tipo de numeração, então dependendo da tintura o resultado pode ser bem diferente do que você esperava. Então use essa regrinha para tintas que são de farmácia apenas e evite sustos com tintas profissionais.

Vamos ao que interessa, as misturas que eu testei e que me deram um resultado satisfatório foram:

(As fotos postadas não tem nenhum tipo de edição para que a cor do cabelo fique o mais fiel possível. Lembrando que o ruivo é uma cor um tanto traiçoeira em fotografias e varia muito conforme a iluminação).

 

Koleston 874 (Avelã Tentação) + Koleston 93 (Louro Dourado)

 

Essa mistura foi a que mais deixou o meu cabelo “laranjinha natural”, tive um pouco de dificuldade em achar essas tintas na maioria das farmácias. Porém para um ruivo mais natural eu recomendo essa mistura.

Luz artificial

 

Koleston 93 (Louro Dourado) + 873 (Louro Mel) + Koleston 7744 (Vermelho Super Intenso)

Particularmente essa é a receita favorita, ela deixa o cabelo com um cobre mais intenso, não fica tão laranja e não desbota tão rápido para um loiro acobreado. O tom fica mais fechado e intenso.

Luz natural
Luz artificial

Importante: Muito cuidado com a Koleston 7744, coloque bem pouco dela mesmo, ela é uma tinta muito intensa e mais do que uma “cobrinha” dela é o suficiente para passar por cimas das outras cores e deixar o resultado vermelho, bem vermelho.

Koleston 64 (Acaju Acobreado) + Koleston 7744 (Vermelho Super Intenso)

Eu indico essa mistura para quem prefere um ruivo bem fechado e mais discreto. Para um tom de castanho acobreado essa é a mistura certa.

Luz natural
Luz artificial. (Nessa foto ele já está um pouco desbotado.)

E essas foram as minhas receitas de tintas de farmácia para um resultado de ruivo natural, sei que existem muitas outras mas, quis colocar aqui as que eu testei e aprovei. Assim pude ilustrar com fotos de cada resultado.

Lembrando que, o resultado pode e vai variar de pessoa para pessoa devido a cor de base de cada cabelo, ou seja, conforme a cor que seu cabelo se encontra antes da coloração o resultado da nova coloração pode ser diferente. Em cabelos mais claros o resultado fica mais vibrante e em cabelos mais escuros mais sutil. Em todo caso, vale a pena pesquisarmos bem sobre qual é a melhor opção para cada tipo de cabelo.

Espero que eu tenha ajudado você na sua quest para o tom perfeito!

Deixe sua dúvida ou receita aqui nos comentários vamos trocar figurinhas!

XXX

 

 

 

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *